domingo, 8 de fevereiro de 2015

Iluminação em varandas

Não há apartamento, atualmente, que não possua uma varanda e devido a isso, este espaço que até então não era tão obrigatório passou a ter uma atenção especial e até mesmo ser uma continuação da sala. por isso nada melhor do que investir na iluminação do ambiente e deixá-lo de cara nova.

A iluminação deve ser essencial à varanda e por isso é necessário ter bom senso para não sobrecarregar o ambiente. Não existe uma regra exata para esta decoração, já que tudo varia do quanto a pessoa gosta de ficar lá, do que gosta de fazer ali e também o gosto pessoal.


Por ser um ambiente para relaxar e comumente não é um espaço utilizado para realizar atividades mais ativas, o ideal é investir em ma iluminação mais amena e nada de luz muito intensa. A luz deve ser útil durante a noite somente para destacar um pouco o ambiente, por isso é necessário ter cautela para não deixar o lugar muito quente pelo excesso de lâmpadas.

Photo Credits: Divulgação
Para combinar com a iluminação, as paredes e pisos devem ser de cores claras e os objetos não podem ser em grande quantidade para não sobrecarregar o ambiente.

Em varandas pequenas, prefira objetos pequenos e que não atrapalhem o caminho. Já para locais maiores, pode utilizar objetos maiores desde que também não sejam exagerados.

No caso de varandas menores, prefira iluminações em pontos específicos, que dão maior sensação de amplitude. Já se o espaço for grande, pode fragmentar o ambiente e optar por diversas lâmpadas, já que não há perigo de transparecer um local menor.

As cores também devem ser lembradas, pois não dá para querer deixar sua varanda nas cores do se time preferido e é preciso haver a dosagem e combinação correta para que fique em harmonia.

As plantas complementam a combinação de objetos e iluminação dando um realce todo especial à sua varanda. Vale a pena investir em um pouco de verde. Aproveite as dicas e componha sua varanda com bom gosto!

Nenhum comentário:

Postar um comentário