Pular para o conteúdo principal

Eletrodomésticos embutidos

O uso de eletrodomésticos embutidos na cozinha, antes mais comum apenas para o fogão, agora estende-se muitas vezes para o forno microondas, o cooktop e fornos separados, e algumas vezes até para a geladeira.


Essa tendência aumentou com a chegada dos cooktops, que automaticamente separa as bocas do fogão do forno, possibilitando a colocação de 1 ou mais fornos em torres verticais, ou seja, embutidos em armários mais altos. Essa opção agrega versatilidade e praticidade à cozinha, já que o manuseio das peças fica mais fácil.

Mas essa não é a única vantagem dos eletrodomésticos embutidos. Eles proporcionam ao ambiente um aspecto mais clean e moderno, especialmente quando são usados modelos também nesta linha, e ainda facilitam a manutenção, já que evitam a formação de cantos difíceis de se limpar, e que vão acumulando sujeira.


É preciso apenas estar disposto a investir um pouco mais, já que os eletrodomésticos de embutir costumam ser mais caros do que os soltos, e também tomar cuidado com as medidas, que devem ser meticulosamente calculadas. Embora algumas peças tenham medidas padronizadas, existem diferenças de uma marca para outra e também opções de tamanho diferentes. Além de ser impossível encaixar um aparelho maior do que o vão do armário, também não fica legal um vão muito grande, com a peça perdida lá no meio.


Outra questão a ser considerada é a facilidade de manutenção, que obviamente é mais simples quando os eletrodomésticos estão soltos, facilitando o alcance das tubulações. É possível deixar os pontos-chave de manutenção embutidos nos armários mas com fácil acesso através de pequenas portinhas, furos nos fundos ou painéis removíveis, mas o aparelho sempre terá q ser desencaixado para se chegar a esses pontos. Torce-se, na verdade, para que não seja necessário mexer nessa tubulação, pois isso só é necessário em caso de falhas e problemas diversos.

Photo Credits: Dicas de Arquitetura

Gostou da postagem? Deixe seu comentário abaixo!




Comentários

Mais visitados

Piscina: Modelos de fibra e plástico

Lazer, diversão, entretenimento, reunião em família, seja qual for a ocasião, em dias mais quentes e ventilados nada melhor do que estar em um local onde tenha uma piscina. Além de um ótimo divertimento para todos, piscinas ajudam no desenvolvimento dos músculos quando realizamos exercícios dentro da água. E a força da água ajuda a realizar de uma forma livre do impacto causado nas articulações e músculos.

E a época de se programar para construção de uma piscina é nos meses mais frios do ano, para que na chegada da primavera e, logo após o verão, possamos desfrutar da delícia que é uma piscina redonda em casa.

Tipos de piscinas:

As piscinas podem ser fabricadas de fibra ou mesmo construídas em uma área com bastante espaço, nestes casos são revestidas com azulejos e lajotas, entre os materiais usados no acabamento.

Há também, para pessoas com espaço limitado ou que prefiram gastar um pouco menos, a opção da compra de uma piscina redonda inflável, o que facilita muito na conservação e l…

Como decorar uma cozinha americana

O nome de origem serve apenas para estabelecer um padrão, porém as cozinhas americanas já se tornaram uma paixão entre os brasileiros, sendo assim trazemos neste post uma série de dicas para quem possui ou ainda vai fazer uma dessas cozinhas em casa.

Photo Credit: Ellen Choi Decoração para cozinhas pequenas

A multifuncionalidade da cozinha americana permite um melhor aproveitamento dos espaços da casa, além do mais deixa de ser um ambiente fechado e quente de difícil interação. Desta forma moveis como o fogão e o forno foram reformulados e deixaram de ser integrados.

Dicas de decoração para cozinha americana

Antes de mais nada é preciso analisar o que irá compor a decoração da cozinha americana, dando preferencia aos móveis, combinação de cores, eletrodomésticos e iluminação.

Escolher as cores certas é fundamental na hora de decorar uma cozinha americana. Procure pensar bem na combinação de cores do ambiente, para manter um visual elegante e limpo selecione no máximo 3 cores diferentes.

Um…

Jardim Japonês

O jardim japonês surgiu nos templos budistas, cada elemento tem seu significado, Originalmente as flores não são usadas, pois se transformam constantemente.

Photo Credits: Habitissimo
Os principais elementos são:

O lago e as carpas: Água é vida, daí a importância do lago. Nele vivem as carpas, símbolo de fertilidade e prosperidade, podem ser instalados uma bomba com filtro, garantindo a circulação da água.

Aqueda d'água: Além de oxigenar a água, a cascata significa a continuidade da vida.

A lanterna: É um elemento que induz a concentração, ajudando a clarear a mente, os pontos de luz são estrategicamente distribuídos para não ofuscarem a visão. A lâmpada é de 15 watts.

As pedras das cascatas: A pedra colocada na posição vertical representa a figura do pai, e da horizontal, a mãe. Dela brota água. As outras pedras, simbolizando as descendentes, são distribuidas em torno do lago.

O bambu e os adornos: Os galhos do bambu são amarrados, direcionando o crescimento para que a planta se…