sábado, 26 de setembro de 2015

Móveis para a área externa

Os móveis para área externa são responsáveis por aproveitar os espaços abertos, como varandas, terraços, quintais e jardins, e devem se adequar a essa localização tanto em termos visuais quanto funcionais.


Em relação à aparência, tudo depende do efeito que se deseja criar. Locais com natureza abundante podem ter móveis rústicos, que se integram ao entorno de maneira agradável e aconchegante, ou então peças que se destacam, criando a valorização através do contraste. Locais muito secos, no entanto, pedem móveis mais confortáveis e naturais, para equilibrar e gerar bem-estar.


Já o aspecto funcional, de extrema importância quando o assunto são áreas externas, refere-se à resistência e durabilidade dos móveis e materiais. Por ficarem expostos, muitas vezes inclusive à água da chuva ou da piscina, quanto menor for a possibilidade de oxidação ou absorção de umidade, melhor. Os móveis de madeira, portanto, devem receber resina de proteção, os de plástico devem ser limpos com regularidade para não ficarem manchados e os metálicos devem ser inoxidáveis ou de alumínio, preferencialmente, e especialmente em regiões litorâneas.

Isso não impede que alguns bancos e cadeiras tenham estofamento em tecido, ficando assim mais confortáveis. Basta que os tecidos sejam impermeáveis, impedindo que a umidade chegue até a espuma dos assentos e almofadas. É possível inclusive aplicar um tratamento sobre tecidos comuns, fazendo com que eles se tornem impermeáveis.

Se o mobiliário ficar constantemente em contato com o sol, é interessante que ele seja feito de algum material que não absorva o calor, para não ficar muito quente. A madeira natural, nesse caso, é uma boa opção.

Photo Credits: Dicas de Arquitetura

Gostou das dicas? Comente e compartilhe abaixo!!!


Nenhum comentário:

Postar um comentário