sábado, 26 de setembro de 2015

Plantas em cestos suspensos

Para liberar espaço do chão e evitar maiores gastos com um jardim vertical, e ainda assim trazer um pouco de natureza para dentro de casa, uma boa alternativa pode ser colocar as plantas em cestos suspensos, ou seja, em vasos pendurados.



Essa solução valoriza as plantas e vasos em si e também pode ser usada para destacar algum canto ou móvel, assim como uma luminária pendente. Isso acontece quando é usado, por exemplo, um único vaso suspenso sobre uma mesa, alinhados, formando uma composição. O efeito é sempre leve e diferenciado. 

As plantas ideais dependem das condições do local onde os vasos serão colocados, em relação à quantidade de sol, vento e água que recebem, mas nesse caso faz diferença também a sua forma, pois plantas com folhas que caem criam um efeito mais aconchegante e tranquilo, enquanto plantas que crescem para cima deixam o vaso mais à mostra e têm aspecto mais “duro”, quebrando e balanceando o efeito mais fluido dos vasos pendurados.



A altura final dos cestos deve ser determinada principalmente pelo aspecto funcional, nesse caso, pois é importante que as plantas possam ser regadas com comodidade. Quando são usados vários vasos ou cestos, formando uma espécie de estante suspensa, a altura deve ser pensada a partir do vaso mais alto, para que este fique facilmente acessível. Para isso, o ideal é que a planta mais alta fique no máximo no nível da cabeça de uma pessoa, aproximadamente.

É preciso tomar cuidado para que a distância entre o vaso de cima e o de baixo, ou então entre o vaso e qualquer superfície acima ou abaixo dele seja suficiente para que as plantas fiquem soltas, sem encostar em nada, garantindo mais saúde para a plantinha e também um melhor resultado visual.


Imagens: Beautiful Mess.


Gostou das dicas? Comente e compartilhe abaixo!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário